sábado, 23 de julho de 2011

Tablet da BlackBerry

Se existe um produto em voga no momento na área da informática é a computação móvel. Com uso já aceito e disseminado dos smartphones, a próxima meta é alcançar um padrão para os tablets. Tablets são dispositivos com formato semelhante a uma folha de papel, sem teclado ou mouse. A interação com o usuário é feita através do toque na tela. O mais famoso deles é o iPad da Apple que, segundo seu fabricante, pode ter uma autonomia de até 10 horas de uso. Algumas pessoas estão apaixonadas por ele, outras torceram o nariz.
A principal reclamação é a ausência de suporte para o Flash, o software responsável por parte da interatividade e animações encontradas nas páginas da internet. A unica concessão feita pela empresa de Steve Jobs foi com relação ao YouTube, instalaram uma “gambiarra” para que o site de vídeos funcionasse adequadamente. O importante é que diversas empresas não querem ficar para trás e também estão lançando o seu próprio aparelho. O anúncio mais recente foi da RIM, empresa que fabrica o BlackBerry. Esta marca era a número 1 no mercado coorporativo de smartphones, mas vem sofrendo uma concorrência séria do iPhone da Apple e do Android da Google. O tablet da BlackBerry é menor que o iPad, mas já vem com câmera embutida, é mais compatível com a maioria dos sites da internet e software pode ser criado para ele usando padrões do mercado. Bem interessante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário