terça-feira, 27 de setembro de 2011

Carteira Google


Foi ativado (lá fora, aqui não) o Google Wallet. É a proposta do Google para substituição da conhecida carteira onde carregamos dinheiro e cartões. Se você possuir um celular compatível, basta cadastrar os dados dos seus cartões de crédito e uma senha de segurança. Quando chegar o momento de acertar as contas no caixa, aproxime o aparelho do balcão, confira os dados da transação no visor e confirme o pagamento digitando a senha cadastrada. Pronto. Embora pareça, e seja uma evolução lógica no mundo digital, o processo logo na estreia apresentou problemas.
Apenas uma instituição bancária resolveu aderir ao Wallet: se você não for cliente da MasterCard, terá de adquirir créditos junto ao Google em um sistema pré-pago. Somente um aparelho celular, o Nexus, possui o chip de comunicação necessário para estabelecer o contato seguro entre fone e equipamento de caixa. Essas seriam dificuldades até normais em um processo inovador como este, porém o que ninguém esperava era que o tempo necessário para fazer a transação fosse muito demorado. Diversos usuários estão reclamando do tempo de resposta para confirmação e também que o aparelho misteriosamente reinicia durante o processo. Em se tratando de dinheiro, e tendo que superar a desconfiança de um público constantemente vítima de abuso de privacidade, o Google vai ter que fazer melhor se quiser ser o dono dos nossos bolsos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário