terça-feira, 29 de novembro de 2011

Empresas no Google+


Após um tempo de incubação e aberto apenas para usuários, o Google+, rede social do gigante das consultas, abre as portas para empresas criarem suas páginas. Vindo de alguém tão influente como o Google, a noticia por si só já é importante. Literalmente milhões de páginas serão criadas. Com custo zero, existiria algum motivo plausível para deixar de colocar um cartão de visitas nesta rede? Na verdade existem considerações que vão além de valores investidos. O Google controla os sites mais visitados da rede e controla também os resultados apresentados, com anúncios vinculados, para quem procura um produto ou um serviço. E sendo uma organização tão grande, ele precisa faturar alto.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Não É SOPA


E não é mesmo. SOPA é Stop Online Piracy Act (Ato para deter a pirataria online), a recente tentativa governamental americana, com considerável pressão das indústrias de entretenimento, para acabar com a copia ilegal de filmes, músicas e livros na internet. Realmente não deve ser fácil para um grande estudio de Hollywood, por exemplo, engolir o fato de que logo após o lançamento de um filme em DVD ou Bluray, este mesmo filme que custou milhões de dólares estará disponível em algum site para download gratuito. O problema é que conhecemos a mão pesada que governos costumam ter, e também a notável falta de conhecimento sobre como a tecnologia funciona.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Facebook na Cabeça


Uma pesquisa recente, feita por japoneses, britânicos e holandeses, apresentou uma conclusão interessante: que o tamanho de determinadas areas do cérebro responsáveis por nossa interação social, está diretamente ligado ao número de amigos cadastrados no Facebook. A primeira vista pode parecer até óbvio, afinal quanto mais interagimos socialmente, maiores as chances de encontrarmos amigos na rede social. A novidade é o fato de que se aumentarmos a quantidade de amigos virtuais, essas mesmas areas se expandem para acomodar as novas informações. Interessante, não? Nosso comportamento junto ao computador pode estimular e reorganizar nossas mentes. Agora, antes que você vá correndo ao seu micro e comece a aceitar todo e qualquer pedido de amizade só para se sentir um crânio, cuidado!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Quem Vai Ganhar?


Todo mundo sabe que o grande filão do mundo da tecnologia hoje em dia é a computação móvel: smartphones, os celulares que fazem muito mais do que ligações telefônicas e os tablets, dispositivos móveis sem teclado extremamente fáceis de usar e com muitos aplicativos. Aplicativos estes que rendem muito dinheiro para quem os desenvolve. A questão é escolher a plataforma, o modelo, correto. Os consumidores estão interessados em aparelhos com várias opções e que tenham longevidade no mercado. Não adianta adquirir algo hoje que esteja obsoleto na semana seguinte.