terça-feira, 3 de janeiro de 2012

E Em 2012?


Tablets. Tablets pra todo lado. Por um motivo muito simples: tanto aficionados por tecnologia como pessoas que até agora não se importavam com o assunto, irão adquirir o seu. Profissionais da área e usuários que interagem com computadores e dispositivos relacionados serão atraídos por vários motivos. Baterias de longa duração (a Apple está prometendo uma bateria a base de hidrogênio que dura mais de uma semana) e os aplicativos disponibilizados. Sem falar, é claro, da praticidade de um dispositivo que navegua a internet com uma tela em que se possa realmente fazer algo de útil. Mas a grande sacada é atrair um público normalmente avesso a computadores.
Sim, eles existem. Penosamente utilizando a informática no ambiente de trabalho ou em casa, este público resiste a, por exemplo, ler um livro em formato digital, reclamando que não é a mesma coisa. Com o advento do tablet, e a utilização dos gestos, como o movimento de mão para virar uma página, no manuseio da informação tal qual no mundo real, estas pessoas vão superar a barreira que as separa do mundo digital. Difícil será superar a qualidade do iPad, mas a Samsung está prometendo, outros fabricantes também devem anunciar, um tablet matador para este ano. Matador por enquanto só o custo de um equipamento assim. Convenhamos que dois mil reais não é algo  popular. Porém existe uma tendencia de queda no preço. Aguardemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário